5 fatores que podem deixar sua internet lenta

Problemas com internet lenta no ambiente corporativo são comuns. Geralmente, em um primeiro momento, a culpa recai sobre o provedor ou mesmo sobre a baixa qualidade da banda larga no país. Mas, você sabia que há casos em que esse problema pode ser resolvido dentro da sua empresa, sem a necessidade de assistência técnica ou qualquer atendimento externo?

Alguns fatores internos da empresa podem afetar a velocidade da internet. Para evitar que isso aconteça em seu ambiente de trabalho, vale tomar algumas providências e ter atenção aos seguintes pontos:

1. Vírus na rede

Existem vírus que podem entrar em sua rede por meio de e-mails, downloads, aplicativos e etc. Eles conseguem capturar informações, apagar dados e até prejudicar o funcionamento normal da internet. Procure manter seu sistema protegido e monitorado com um software de antivírus atualizado.

Esse cuidado, além de proteger sua rede, será fundamental para a segurança de todo o sistema e arquivos do seu servidor. Ou seja, trata-se de uma precaução importante para todos os dados da empresa.

2. Muitos dispositivos móveis conectados à rede

Quando o problema é o Wi-Fi lento, a falha pode estar no controle sobre o acesso. Quanto mais dispositivos usando a rede, mais lenta fica a internet. Por isso se a conexão é usada para atividades profissionais, procure limitar o acesso apenas aos membros da equipe que dependem dele para trabalhar.

Também tenha atenção à segurança do acesso, assegure-se de que a rede possui senha e criptografia.

3. Uso inadequado da internet

Quando o acesso à rede é liberado igualmente para todos os departamentos e há uso inadequado  para atividades não profissionais que demandam muito da internet, pode ocorrer lentidão em setores que precisam de uma conexão mais potente. Por isso o ideal é fazer um controle personalizado sobre o acesso de cada departamento.

A lentidão da internet também pode ocorrer quando há uma sobrecarga, ou seja, muitos computadores ligados a uma rede com banda insuficiente. Nesse caso, é importante se atentar à compatibilidade da velocidade com a quantidade de usuários ativos.

4. Configuração do roteador e dos computadores

A internet ruim pode não ser um problema na conexão em si, mas sim da configuração do seu roteador ou dos computadores ligados à rede. Por isso tenha o cuidado de usar programas específicos para configurar as conexões ou chame por uma mão de obra especializada para fazer a checagem manual.

Atente-se também a posição do roteador, quanto maior a distância e mais obstáculos o sinal encontra, pior será a velocidade.

5. Problemas no modem de internet ou cabos

Um modem de baixa qualidade ou sem manutenção pode prejudicar a velocidade da internet. O mesmo se encaixa aos cabos, que podem apresentar mal contato por estarem desgastados. Nesse caso, orienta-se uma análise da assistência técnica para identificação do problema e correção.

  • Share post